Dois Irmãos, quando vai alta a madrugada
      E a teus pés vão-se encostar os intrumentos
      Aprendi a respeitar tua prumada
      E desconfiar do teu silêncio

      Penso ouvir a pulsação atravessada
      Do que foi e o que será noutra existência
      É assim como se a rocha dilatada
      Fosse uma concentração de tempos

      É assim como se o ritmo do nada
      Fosse, sim, todos os ritmos por dentro
      Ou, então, como um música parada
      Sobre um montanha em movimento

      Morro dois Irmãos – Chico Buarque

      Fotografar no Rio de Janeiro foi uma experiência incrível, a luz desta cidade é uma coisa maravilhosa de Deus, a alegria do carioca contagia e foi numa manhã de muito calor e sol que fotografamos a Jo e o André que estavam esperando a pequena Rafaela. Hoje a Rafaela já nasceu a fica a memória em fotos dessa momento tão especial que eles três passaram juntos por longos nove meses.

      fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-1 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-2 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-3 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-4 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-5 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-6 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-7 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-8 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-9 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-10 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-11 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-12 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-13 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-14 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-15 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-16 fotografo-rio-de-janeiro-gestante-leblon-ipanema-17

      COMPARTILHAR